Terça-feira, 31 de Outubro de 2006

O que podera ser!!!

……..porque deveria escrever-te…
Não, não vou escrever nada, era apenas uma treta da net……..



…tirei a pijama, pus a fatiota de “dona de casa desesperada” … e avental, para fazer de conta…

- Tudo bem rapazes, como foi o vosso dia? O meu como de costume.

Não muito mais tarde, o meu marido está me perguntar: onde estas, Eva…..

È verdade, tenho a mente ausente, estou a planar ……. onde ? Por redondezas de Porto.

Como è possível, caramba!
Como consegues a dominar-me mesmo fora da net?

Vamos a sair, eu e meu marido, a dar uma voltinha, mas eu estou ausente, penso em ti.
Não penso nada em especial, muito menos para te conhecer, mas penso…. E isso está mal.

Sou Capricórnio, vou pelos meus caminhos, não sou agressiva mas adoro ser livre e decidir …..

Meu marido repara e continua investigar. Minto.

Depois compro muitas decorações para Natal, pensando recompensar o meu lar desta forma. Mas não resulta.

Depois, já em casa, ligo pc e espio si estas on line. Só para saber, de todas as formas não posso chatar.


….. essa historia de “gostar”. Ficaste danado.
Como se eu te pedisse declarações.
Entendi que não tenho suficiente “delicadeza”.
Não sou portuguesa, não me adaptei ainda a vosso modo de ser / de estar.
Já te disse que estou aqui desde 6 anos?

 
Devo contar alguma coisa sobre mim? O quê?

Sou timidissima, apenas o ecrã da me esta sensação de ser protegida.

Porque deveria expor me ao teu julgamento.
Irias julgar me segundo quais critérios?
Ias me comparar com quem? Não estou certa se tenho vontade para isso.

- Mas então o que tu queres, porque me escreves – perguntas.

Não sei.
Duma certa forma seduzistes me
Talvez porque estás divertido, fazes me rir.
È uma característica que aprecio muito.
 Estou bem em companhia de pessoas como tu.
Só isso….. (…Outra vez minto….)


Bem, estás a ler estas líneas na diagonal, a procura de marcação.
Não há marcação.
Não quero encontrar-te. (vou ter o nariz comprido como o “Pinochio” de tantas mentiras).

Agora vou acabar esta carta, vou vestir um pijama (outro) e vou para cama.
Ainda vou pensar um bocadinho em ti, só um bocadinho.

José José,……..

Com um abraço forte (já que beijinhos não aceitas das desconhecidas)...

…. Desejo te boa noite.

sinto-me: Muito bem
música: Musica
publicado por jose às 13:28
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.posts recentes

. No Mundo, existe sempre u...

. Como nos enganamos com as...

. Anjo meu !!!

. Tristes pensamentos...

. A chuva dia triste, pensa...

. Que tempo é este...

. Mais um momento...

. Mais um momento de angust...

. A vida...

. Pai...

.Calendario

.Relogio

.online

.A minha radio

.Contador

.A sua sorte..